Uma aposta forte no Turismo Militar


registo | recuperar

Uma aposta forte no Turismo Militar

{titulo}

{titulo}

{titulo}

{titulo}

{titulo}

{titulo}

À conversa com o Presidente da Câmara Municipal de Elvas

O maior conjunto de fortificações abaluartadas terreste do mundo é português. Classificada como Património Mundial da Humanidade, das muralhas ao centro histórico da cidade, Elvas é conhecida pela sua monumentalidade militar.

Nuno Mocinha, Presidente da Câmara Municipal de Elvas (Figura 1), esteve à conversa com a Associação de Turismo Militar Português (ATMPT), onde abordou os principais focos do Município no que diz respeito ao Turismo Militar e as prioridades para o futuro.

Elvas é (…) o melhor exemplo de uma cidade quartel de fronteira e o melhor e maior exemplo mundial do primeiro sistema de fortificar holandês” (Figura 2), refere Nuno Mocinha. O Presidente da Câmara Municipal de Elvas realça que o principal foco do Município passa pela reabilitação e divulgação de todo o património do concelho, especialmente o património histórico-militar que tem grande impacto para o Turismo da região. 

Quanto às experiências e atividades que podem ser integradas no Turismo Militar nacional, o Município de Elvas tem à disposição uma série de diferentes roteiros associados ao património e à história militar. Nuno Mocinha refere que “(…) o visitante pode realizar quando chega à cidade de Elvas (…) visitas guiadas ou livres aos fortes da Graça (Figura 3) e de Santa Luzia (Figura 4), percursos pelas fortificações da cidade, sejam elas as abaluartadas ou as cercas medievais islâmicas, bem como pelos restantes monumentos militares da cidade (Castelo – Figura 5, Hospital Militar, Quartéis, Paióis, etc.) (…)”. O Presidente do Município de Elvas enfatiza, ainda, a proximidade e a estreita relação que o Município tem com o Exército, que gere o Museu Militar de Elvas (Figura 6).

Relativamente à importância do Turismo Militar na captação de novos públicos e no desenvolvimento do Turismo da região, Nuno Mocinha afirma que “O Turismo é verdadeiramente um polo de atratividade ao concelho de Elvas e, nesse sentido, o Turismo Militar ganha aqui uma particularidade especial, pois traz mais e novos públicos que só aqui encontram aquilo que procuram”. O Presidente da Câmara Municipal de Elvas vai mais longe e salienta: “Trata-se de elevar ainda mais a fasquia naquilo que oferecemos para recebermos visitantes de todo o mundo e com mais poder económico, dinamizando assim, ainda mais a economia local”.

Quanto à procura, observa-se um aumento de ano para ano, sobretudo nas entradas nas estruturas militares do concelho, que ronda sempre os dois dígitos percentuais. As visitas guiadas e as atividades realizadas no âmbito do Turismo Militar e da dinamização do património histórico-militar, têm sido alvo de críticas bastante positivas por parte dos visitantes. 

Após a classificação como Património da Humanidade, a preocupação com o património histórico-militar continua a ser um dos focos do Município de Elvas, que aprovou dois planos de salvaguarda e preservação desse património, o Plano de Pormenor e Salvaguarda do Centro Histórico e o Plano de Pormenor e Salvaguarda das Fortificações. Quanto a apoios, o Presidente do Município de Elvas sublinha que existe “financiamento comunitário para obras de reabilitação do património e, muito em especial, para a reabilitação do património militar, como é o caso do Forte da Graça ou, mais recentemente, do Quartel do Assento ou Manutenção Militar, onde decorrem obras de adaptação a Museu de Arqueologia e Etnografia”.

No âmbito do Turismo Militar no concelho, Nuno Mocinha afirma que “a prioridade passa sempre por reabilitar cada vez mais património para que este seja fruído pelo público, pela dinamização, pela divulgação e pela manutenção daquilo que herdámos dos nossos antepassados”.

Quanto ao futuro, o Presidente do Município de Elvas realça que “o Turismo Militar é, e será sempre, uma aposta forte do Município de Elvas (…)” e o grande objetivo é fazer o trabalho cada dia melhor, para superar as expetativas de quem visita o território.

Apesar das restrições de confinamento, o Município de Elvas continua à sua espera e a oferecer-lhe o melhor do património histórico-militar nacional. É impossível ficar indiferente.

Faça parte da História de Portugal!